fbpx

Lag BaOmer: como melhorar a relação?

time lapse photography of flame

Nesta reflexão o psicólogo e terapeuta de casais Felipe Rosenberg fala um pouco sobre como melhorar a relação? Seja uma relação entre casados, noivos, filhos, entre colegas de trabalho.

Chegando na adolescência, na vida adulta uma pergunta é frequente, qual legado quero deixar para as futuras gerações?

Lag BaOmer, 33º dia dos 49 dias entre as festas de Pessach e Shavuot traz uma resposta: Chamado de “Ômer”, este é um período de luto, em que os judeus lembram a morte de milhares de discípulos de Rabi Akiva, mas também de alegria ao dia que cessou essas mortes com a elevação espiritual de Rabi Shimon bar Yochai, mas afinal qual o que essa data pode ensinar para nossas vidas?


Entre as várias reflexões, podemos pensar nas relações familiares! Em Lag BaOmer recordamos a história de Rabi Shimon Bar Yochai que ao sair da caverna não aceitava o que não fosse voltado ao sagrado em nosso mundo, em contrapartida Rabi Akiva dizia para seus alunos que tudo que ele conseguiu e eles conseguem, é em mérito aos esforços de sua esposa que lhe deu todo suporte e amor. Atendendo em terapia de casal é como atender pessoas que valorizam mais o trabalho, o dinheiro, estudo, vida comunitária, esporte, que a própria relação, o que acaba gerando brigas, conflitos conjugais e reflexos nos filhos.


Como na volta de Rabi Shimon Bar Yochai e seu filho Elazar a caverna e o seu retorno para esse mundo, aprendendo a coexistir com ele. Do mesmo modo a terapia de casal do Descobrindo o Sentido tem como uma das funções fazer o casal retornar ao seu estado inicial, de afeto, carinho e reconhecimento do outro, seja pela relação, seja para mesmos separados terem um relacionamento de amizade e cooperação na educação dos filhos.


Enfim, em seu último dia de vida, Rabi Shimon reuniu seus alunos e disse-lhes: “Até o dia de hoje, tenho mantido os segredos em meu coração. Mas agora, antes de morrer, desejo revelar todos eles. “Desejo que essa reflexão contribua para todos, repensarem suas relações com seus familiares, noivos, colegas e percebam que mais que nossos próprios desejos individuais Lag BaOmer ensina que quanto prezamos pela nosso contribuição pelo coletivo movemos barreiras, acabamos conflitos e construímos um legado de harmonia, respeito e coexistência nessa e nas próximas gerações!

Reflexão em Lilui Nishmat de Rivka Bat Liba Ruchfla

Comente este artigo

Pesquise por um curso