fbpx

Foguetes disparados em Tel Aviv e no centro de Israel

Sirenes de ataque aéreo soam duas vezes enquanto foguetes caem no centro e sul de Israel em duas massivas barragens.

Terroristas de Gaza dispararam uma enxurrada de foguetes contra o centro de Israel, Samaria e comunidades judaicas perto de Gaza, pouco depois da meia-noite da manhã de domingo.

Os alvos incluíam Tel Aviv, Bnei Brak, Ramat Gan, Yehud, Rishon Lezion, Petah Tikva, Ashdod, Gan Yavne, Gedera, Bat Yam, Holon, Beit Dagan, Ness Ziona, Ramle, Lod, Yavne, Elkana, Etz Efraim, Alfei Menashe , Ma’aleh Shomron, Elad, Bnei Darom, Kfar Chabad, Ashkelon, Or Yehuda e outras cidades.

Dez minutos depois, outra barragem de foguetes foi disparada nas mesmas áreas. Pouco antes da 1h, foguetes adicionais foram disparados contra Netivot, Tkuma, Zimrat e Shuva.

Alguns dos mísseis não foram interceptados e caíram nas áreas de Yehud, Gan Yavne e Rishon Lezion. Até agora, nenhum ferimento foi relatado. Estilhaços foram localizados em três locais em Bat Yam, onde danos à propriedade foram relatados.

As barragens de mísseis seguiram um intervalo de três horas e meia, após um único ataque a Yad Mordechai às 8:34 da noite. Sábado à noite.

Também acontece poucas horas depois que a ala militar do Hamas publicou uma declaração zombando de Israel e afirmando que o comandante militar do Hamas, Mohammed Deif, concordou em “remover o toque de recolher em Tel Aviv” por duas horas, entre as 22h. e meia-noite.

Magen David Adom (MDA) às 12h45. A manhã de domingo informou que ainda não recebeu relatos de feridos após os ataques, além de pessoas que foram bombardeadas e 10 pessoas que sofreram ferimentos leves enquanto corriam para se abrigar e que estavam recebendo tratamento.

O comunicado acrescentou que o pessoal do MDA está revistando as áreas onde os foguetes caíram para os feridos, mas ainda não encontraram ninguém que tenha sido ferido pelos foguetes.

Após os lançamentos, o Hamas disse: “Nós disparamos fortes barragens em Tel Aviv, em resposta aos ataques a prédios.”

Fonte:  https://www.israelnationalnews.com/News

Créditos: Duna.org

Um comentário

  1. Ulisses Lyra

    Brasil com Israel nesse momento onde a democracia é atacada. D’us abençoe Israel e ao Rav Hasky!

Comente este artigo

Pesquise por um curso

%d blogueiros gostam disto: